segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Em Gaza : a barbárie continua …

Com o que está a ocorrer em Gaza, dou comigo a pensar que, finalmente, estou a perceber como é que as pessoas se podem tornar bombistas suicidas …
Para poder acompanhar tudo quanto se vai passando em Gaza, leia as notícias actualizadas AQUI

2 comentários:

Anónimo disse...

Será ?

"O presidente eleito norte-americano Barack Obama comprometeu-se esta terça-feira a romper o silêncio sobre a situação em Gaza quando tomar posse a 20 de Janeiro, mostrando "viva inquietação" com as mortes de civis no território palestiniano e em Israel.

Durante uma conferência de imprensa, Obama repetiu que deixava por agora ao presidente cessante George W. Bush o cuidado de conduzir a política externa norte-americana.

"A morte de civis em Gaza e em Israel é uma fonte de viva inquietação para mim. E depois de 20 de Janeiro, terei muitas coisas a dizer sobre o assunto", declarou.
(transcrito do JN)
Digo eu : será ?

AVCarvalho disse...

Gaza,... Darfur,... aberrações sem nome num mundo que se torna cada vez mais absurdo e perigoso!
Também eu, na sequência da interrogação do comentário anterior, duvido que alguma coisa mude, com o Obama na Presidência, no conflito Israel-Palestina - pelo menos de substancial, para além das 'grandes preocupações' que assolam todos os Presidentes do mundo...
É que enquanto os conflitos se escondem por trás das teocracias (judaica ou islâmica), os interesses prosperam e esses não olham a meios para atingir os seus fins. E os 'lobbies' financiadores da campanha de Obama, não vão certamente ficar quietos quando for a ocasião.
Mas vai ser um bom teste para o novo Presidente, ver qual será a sua reacção a este conflito quando se acabar a desculpa que tem dado para não falar sobre ele.