sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Azar : má sorte, contratempo(s) …

Hoje, logo pela manhã, o azar – ou, lá o que isso, do azar, possa ser - bateu-me à “porta” ; porque chuviscava, o chão estava naturalmente molhado e à entrada para o Metro de Telheiras, com o piso estupidamente escorregadio, lá me estatelei ao comprido …
Percebi, pelo impacto da queda, que poderia ser algo de grave; pelo menos, o inchaço e dores no tornozelo direito assim o indiciavam.
Dirigi-me, então, ao Hospital dos SAMS onde fui devidamente observado e radiografado.
A Médica, por sinal muito simpática, ao “ler” o resultado das radiografias disse-me que tinha uma boa e uma má noticia :
- a boa : é que, em principio, não terei necessidade de ser operado;
- a má : estarei engessado e por um período de 6 a 8 semanas;
Dia 9 de Fevereiro regressarei ao Hospital para ser, então, radiografado e para saber se, afinal, a “boa” notícia se verifica(rá).
Enfim, estou, assim e agora, “empalamado”, e só com a ajuda de canadianas, com as quais tenho que aprender a “conviver”, é que (me) poderei locomover …
É assim, e como se diz, lá, na minha Ilha de S. Miguel :
“um mal nunca vem só …"
E tudo isso, numa altura em que temos que JUNTAR FORÇAS !!!
E, ainda e para cúmulo, tenho uma “bota” azul;
- se, esta, ao menos fosse Vermelha, do BEnfica !!!
Em tempo : e ainda, e para compor todo este "ramalhete", não irei - pela primeira vez, em muitos anos a esta data - representar o meu Clube, o Clube de Ténis do Paço do Lumiar, na fase regional do Inter-Clubes; contudo, e porque tenho confiança absoluta nos meus companheiros, lá estaremos na fase final, no Nacional, onde contarei estar ... e com as duas "perninhas"...

12 comentários:

Anónimo disse...

Há uma anedota que é mais ou menos assim:
Um tipo tem um grave acidente, está um mês em coma, ao fim do qual acorda espantado por estar no hospital
uma equipa de médicos rodeava-o, o tipo sentia-se esquisito
uma médica, mais jeitosa que essa que te atendeu, fez-lhe um largo sorriso e disse-lhe: temos duas notícias para lhe dar, uma boa e outra má
o doente responde: Drª dê-me primeiro a má para eu depois me animar com a boa
então disse-lhe a médica: você teve um grave acidente (...) tivemos que lhe cortar as pernas...
o doente levou as mãos às pernas que já não tinha... chorou imenso... e depois pediu a boa notícia
a médica, boazona, reforço o sorriso, e disse-lhe: já arranjámos que lhe ficasse com as botas. E em segredo: e olhe que não foi fácil eram botas à benfica
...
...
E ainda te queixas?
VF

Carlos Borges Sousa disse...

Caro Vitor,
E TU, meu "lagartão, ainda gozas com a desgraça dos outros ...
aBEraço,
CBS

José M. Sousa disse...

Andas mesmo azarado. O "speed" era demasiado. Todos esses pisos em mármore, ou lá o que são, podem ser muito bonitos, mas são um perigo, sobretudo quando chove.

Espero que recuperes sem necessidade da operação. E tens que te dar com o azul :)

Anónimo disse...

Caro amigo CBS, concordo que mantenhas a boa disposição, ao fim e ao cabo não vale a pena preocupares-te muito porque partiste uma pernoca mas como sabes os seres humanos tem duas. (já para estas eventualidades penso eu)..

Agora a sério. Foi mesmo numa má altura... (juntar forças), mas desejo-te uma recuperação tão rápida quanto possivel.

um abraço

António Lage

VRMendes disse...

O azul cruz de Cristo pode vir a ser um somatório de pontos para o nosso Benfica.
Só posso mesmo desejar as rápidas melhoras com futuro RX nas melhores condições.
Um abraço do
VRMendes.

Anónimo disse...

Caro Borges Sousa , desejo-te rápidas melhoras e que o RX seja uma "Foto" espectacular. Agora acho que devias de pintar esse gesso de outra cor ... sei lá ... de VERDE , afim de dar alguma "tranqualidade" e boa disposição neste momento menos bom.Um Grande Abraço
...
Isidoro Guerreiro

Lebasi Mendes disse...

Às vezes Deus escreve direito por linhas tortas. O que Ele te diz é para andares mais devagar e além de olhares para os outros olha também para ti.
Beijos e as melhoras.
Lebasi Mendes

AVCarvalho disse...

Constato, para já, uma evidência: nunca como neste caso o blog mereceu tantas visitas, ou pelo menos tantos comentários. Para não fugir à deixa inicial, até podemos ver isto por duas ópticas:
– pelo lado negativo, diríamos que se verifica mais uma vez aqui a velha tradição lusa do fado do ‘desgraçadinho’: ‘coitado, partiu uma perna!’;
– pelo lado positivo, ressalta a solidariedade dos muitos amigos: ‘força, Borges de Sousa, isso não passa de um ligeiro contratempo!’.
E não passa mesmo!
Fica, porém, o aviso: apesar de se saber que ‘quem corre por gosto não cansa’, o certo é que ninguém está livre de arreliadores tropeções...
Só tenho pena de ter de me ausentar nas próximas duas semanas, de outro modo teria o maior gosto em pôr à disposição toda a minha técnica em manobrar canadianas, adquirida, ainda não há muitos anos, em mais de três meses de pé entrapado...
Mas uma coisa eu tenho por garantido: não vão ser estas minudências que o afastarão do activismo que o distingue (tirando o ténis, claro). Haverá é, certamente, mais oportunidades para dedicar a outras tarefas, porventura não menos importantes na vida, como ler, ouvir música, conviver com a família e os amigos...
Enfim, há que tentar aproveitar sempre o lado positivo das desgraças!
Nada, porém, que chegue a umas rápidas melhoras.

Anónimo disse...

Que o "descanso" do guerreiro decoora dentro do tempo previsto, sem qualquer contratempo. Talvez seja tempo de rever a matéria e as estratégias...
Se tiver comichão -com essa cor azul- álcool e uma agulha de tricot, ajudam muito.
Força até Almeida

Anónimo disse...

Carlitos
Por vezes um ‘repouso’ forçado permite abrir algumas janelas...
Repara, que embora estejas ‘retido’, o sol continua a nascer todos os dias, o Pinóquio continua em grande ou seja o mundo continua a rodar.
Nos comentários, há um amigo que escreve para olhares para ti, há outro que refere o speed (era demasiado), pelos vistos existe algo que o meu amigo não está a reparar!!!
Grande abraço

JB

Carlos Borges Sousa disse...

A Tod@s e a Cada Um(a) que, com amizade e solidariedade, entenderam “comentarizar” este meu infortúnio, os meus sinceros agradecimentos.
Agora, só me resta, mesmo, aguardar que o tempo passe, que vá passando …
CBS

IolandaG disse...

Chega a ser engraçado, por que o mesmo aconteceu comigo no dia 28/01/09
Bem no momento em que engajava num novo trabalho e estaria voltando a estudar no dia 02/02/09
rssss
É, quando uma coisa dessa chega pensamos que somente com a gente acontece, mas ainda devo agradecer a Deus que não tive que passar por cirurgia...RSSSSS parace que narrou a minha história...abraços