sábado, 3 de abril de 2010

Uma questão de oportunidade ...


«Se retirássemos ao judaísmo os seus profetas e ao cristianismo todos os acrescentos posteriores aos ensinamentos de Cristo, em especial os do clero, ficaríamos com uma doutrina capaz de curar todo o mal da humanidade.
É dever de todo o homem de boa vontade lutar, no seu pequeno raio de acção e na medida em que lhe for possível, para que esses ensinamentos de tão grande humanidade se convertam numa força viva. Se ele lograr que os seus honestos esforços nesse sentido não sejam esmagados sob os pés dos seus contemporâneos, poderá considerar-se um homem afortunado e afortunada a comunidade em que está inserido.»
Albert Einstein, in «Como Vejo a Ciência a Religião e o Mundo»

1 comentário:

AVCarvalho disse...

Não estarei muito longe da afirmação (e bem assim das conclusões) de Einstein - desde que os ensinamentos do Cristo, conforme os Evangelhos (presumo que seja esta a fonte), sejam despojados de alguma mitologia perigosa. Como por exemplo, desde logo, a da própria origem do Cristo, concebido, segundo Mateus, por uma Virgem 'por obra e graça do Espírito Santo'!
Neste episódio - bem explorado, é certo, pelo tal clero (e não só) - se baseiam inúmeros 'equívocos' religiosos posteriores com impacto social na diminuição ou restrição da igualdade das mulheres.
Mas enfim, isto sou eu a divagar a propósito de textos datados (é bom ter presente), alguns de uma qualidade filosófica e até literária inigualáveis!