quarta-feira, 3 de março de 2010

A resposta para a crise …

De facto, e em meu entender, a austeridade não é - nem pode(rá) ser - a única resposta para a crise …
Leia aqui o último Esquerda
( e aqui os últimos Jornais do Esquerda )

1 comentário:

AVCarvalho disse...

Este é mais um daqueles conceitos a que os decisores (políticos, empresariais,...) recorrem com grande frequência, com o único objectivo de justificarem a aplicação 'sempre das mesmas medidas à custa dos mesmos de sempre', para resolverem (ou salvarem) situações as mais das vezes criadas por outros, como é o caso da presente crise. E é com grande impotência e até raiva que se observa o cinismo provocador com que algumas pessoas reclamam austeridade para os outros – quando se sabe do conjunto vasto de sinecuras de que auferem e de que não abdicam.

Um outro conceito é o da produtividade (ou da falta dela) que serve para tudo, que é utilizado a propósito e a despropósito, normalmente sem qualquer outro objectivo que não seja o de preparar o caminho para a adopção de políticas de... austeridade. Mas sobre isso falarei noutro sítio.